Condução descalça: descubra se isso é permitido?

Condução descalça: isso é permitido? O problema sabe tão bem quanto qualquer motorista: se estiver realmente quente no verão, você pode suar o carro rapidamente. Mas você pode simplesmente tirar os sapatos a altas temperaturas e andar descalço?

Mesmo chinelos ou sandálias não superaquecerão seus pés superaquecidos no verão e você preferiria ficar descalço? Em dias quentes, isso pode parecer uma boa ideia para muitos passeios de carro. Além disso, isso evita a transpiração desagradável nos pés. Mas isso é permitido?

Posso andar descalço de carro?

A boa notícia: sim, é permitido dirigir sem sapatos. Não há lei na Alemanha que exija o uso de calçados ao operar um carro. Assim, flip-flops e até mesmo saltos altos são permitidos.

Posso andar descalço de carro?

Mas antes de desistir completamente de sapatos fortes durante a condução, você deve notar alguns pontos importantes.

Condução descalça – você tem que levar isso em conta

Por uma questão de princípio, como motorista de carro você deve sempre ser capaz de garantir o controle completo do seu próprio valor ipva. Se você é incapaz de dirigir e operar o veículo sem sapatos, não é aconselhável abandonar o calçado resistente.

O que deve ser considerado no caso de um acidente durante a condução descalça?

E mesmo se você dirigir descalço e causar um acidente, seu calçado às vezes desempenha um papel. Se você está provado que você foi restringido em sua reação por calçado inadequado ou por condução descalço, uma responsabilidade conjunta pode ser devida.

Além disso, neste caso, o seguro é ativado. Embora um pagamento de compensação ainda seja possível, as circunstâncias são cuidadosamente examinadas.

Se acontecer de você ter agido com negligência grosseira, isso pode levar a uma redução nos benefícios do seguro abrangente. O seguro de responsabilidade civil é para os danos a terceiros – enquanto o calçado do motorista não importa.

Por que o calçado certo é tão importante?

Além da falta de calçados, existem vários outros fatores que aumentam o risco de acidentes. Isso inclui, por exemplo, que você pode ser pego na área dos pés com sapatos errados no tatame e não alcançar o pedal com rapidez suficiente.

Ou você escorrega do pedal com o sapato. Além disso, alguns sapatos também têm a consequência que você não sente pelas habilidades motoras finas.

O calçado errado aumenta o risco de acidentes. Também tem outro efeito negativo na sua segurança rodoviária. Se ocorrer uma emergência, geralmente leva segundos para deixar o carro.

Então não há tempo para colocar seus sapatos. E se você mesmo for vítima de um acidente de trânsito, seus pés estarão melhor protegidos com sapatos do que sem roupas.

Dica: Guarde os sapatos extras no carro

Claro que nem sempre você quer usar sapatos grossos. Para um dia na praia ou uma viagem para a piscina exterior, estas são a escolha errada.

Portanto, a dica: guarde um par de reposição para o carro em seu carro, pois eles podem economizar espaço em um canto do porta-malas.

Volte para o seu carro no final de um dia de verão, basta trocar seus chinelos soltos por sapatos resistentes e você poderá chegar ao volante.

Conclusão: A condução descalça é permitida, mas não é recomendada

Dirigir descalço não é proibido de acordo com as regras de trânsito. Além disso, você pode usar qualquer calçado de acordo com as preferências pessoais.

A condução descalça é permitida, mas não é recomendada

No entanto, tenha em mente que o risco de um acidente aumenta se você dirigir sem sapatos ou escolher modelos que não garantam o controle preciso do seu carro. Além disso, em caso de acidente, o seguro pode piorar.